Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Embalagem sustentável - Como medir

Raio X da embalagem sustentável: quais as métricas principais?

Entenda o que torna uma embalagem sustentável e como essa iniciativa pode ser transformada em uma importante vantagem competitiva para a indústria do plástico.

A demanda por produtos com embalagem sustentável está aumentando. Afinal, o consumidor está mais consciente e informado e, portanto, considera os impactos sociais e ambientais da marca, bem como os seus valores, antes de consumir. Em outras palavras, atributos como qualidade e preço deixaram de ser determinantes na escolha de compra para se tornarem o mínimo esperado.

Uma embalagem sustentável tem um impacto menor no meio ambiente, seja em sua produção, comercialização ou descarte. E, em um mercado altamente concorrido e exigente, as empresas que apostarem nesse tipo de posicionamento têm grandes chances de saírem na frente e conquistarem o coração dos consumidores.

Mas o que torna uma embalagem sustentável? Entenda melhor a seguir e veja como trabalhar este tipo de atributo para conquistar clientes e vender mais!

Sustentabilidade como valor de marca

De forma geral, sustentabilidade é a capacidade de produzir e consumir sem comprometer as próximas gerações. A prática pode ser incorporada em um negócio de diferentes maneiras, seja por meio da economia de recursos naturais, da reciclagem ou do investimento em plástico que possa ser reutilizado.

Independentemente do caminho adotado, no entanto, é importante reforçar a sustentabilidade da empresa nas comunicações aos clientes. Quando trazemos isso para a indústria do plástico, significa explicar e valorizar o processo pelo qual a matéria-prima passa, as iniciativas da empresa e, até mesmo, os investimentos em novos processos ou materiais.

Com isso, a sustentabilidade se torna um valor agregado aos itens vendidos pela indústria. Aumentando a competitividade do negócio e, inclusive, podendo servir como argumento para cobrar margens maiores.

O que torna uma embalagem sustentável

"Uma embalagem sustentável vai além da reciclagem, provém de um projeto que prevê um equilíbrio em todo o processo de sua produção. É uma embalagem desenvolvida antevendo seu uso e descarte, e como este último irá impactar o meio ambiente. Sendo assim, uma embalagem sustentável, mais que conter um produto e protegê-lo, tem a função de vendê-lo causando o mínimo de impacto socioambiental", explicam Jefferson Reuter Quint e Ricardo Heiderscheidt, da HeadMade Design & Co.

Em outras palavras, ao pensar no desenvolvimento de uma embalagem sustentável, é preciso considerar três pilares: ambiental, social e econômico. Portanto, todo o ciclo de vida da embalagem deve ser considerado para que seja possível entender qual o seu impacto no planeta.

Ainda assim, vale reforçar que não existe um processo que seja totalmente sustentável. Portanto, este é um conceito que deve ser buscado constantemente para que seja possível aperfeiçoar as técnicas e reduzir ao máximo o impacto da empresa no meio ambiente.

Neste sentido, existem alguns aspectos a serem considerados para a produção de uma embalagem sustentável:

1. Economia de recursos

A avaliação de cada componente da embalagem permite fazer o melhor uso dos materiais sem comprometer o produto. Iniciativas como reduzir a espessura de garrafas são exemplos de como aumentar a sustentabilidade da embalagem.

2. Inovação

A Indústria 4.0 e a evolução da tecnologia permitem a criação de embalagens com menos materiais e, em muitos casos, o reuso do plástico. Apostar na inovação é fundamental para encontrar alternativas e viabilizar produtos mais sustentáveis.

3. Reuso

Outro ponto importante e que dá ao plástico uma excelente vantagem na sustentabilidade é a sua possibilidade de reuso. Dar nova vida aos materiais é uma excelente maneira de reduzir custos e ainda minimizar os impactos de produção, o que pode ser feito por meio de processos como a reciclagem química.

4. Mão-de-obra

Sustentabilidade também envolve valorizar os funcionários e atuar dentro das leis trabalhistas com respeito e transparência.

Embalagem sustentável como atributo de venda

"Esse tipo de embalagem deve ser vendida destacando seu atributo enquanto sustentável. Seja através do formato, layout visual ou ainda reforçado através de materiais publicitários. Na atualidade, por ter acesso à informações de forma facilitada, o consumidor preza por uma vida saudável e equilibrada, o que impacta diretamente na venda e compra de produtos. Outra saída interessante está no reuso das embalagens, prevendo um ciclo de vida maior e novas funções às mesmas. Não se trata apenas de sugerir o descarte consciente dos materiais de que são feitas as embalagens, mas orientar o consumidor que sustentabilidade é uma necessidade do mundo contemporâneo", destacam os profissionais da HeadMade Design & Co.

Adotar práticas sustentáveis na indústria pode aumentar o retorno econômico. Além disso, essa postura, quando divulgada ao mercado, impacta em uma melhora da imagem da empresa e de seus produtos.

Unir a capacidade de atender aos objetivos dos clientes com a verdadeira preocupação em tornar os processos mais sustentáveis gera uma vantagem competitiva para o negócio. Com isso, é possível reter clientes, satisfazer uma necessidade do mercado e ainda melhorar as margens de lucro.

Que tal começar a olhar para as embalagens sustentáveis como uma poderosa oportunidade de negócio? Conheça mais algumas importantes tendências em embalagens plástica neste material!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar