Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Transformação digital e indústria 4.0 são destaque na Plástico Brasil Xperience

plastico brasil xperience dia 2.png
A transformação digital, uma das tendências inevitáveis para a indústria brasileira, foi tema do segundo dia.

A transformação digital é uma das tendências inevitáveis para a indústria brasileira. Acelerada ainda mais pela pandemia, a digitalização e a atualização do parque fabril do setor plástico seguem gerando oportunidades e desafios para o segmento. No segundo dia da Plástico Brasil Xperience, evento 100% digital inédito no setor, especialistas de diversas áreas se reuniram para palestras e painéis que ajudaram a discutir esse tema.

No primeiro conteúdo da manhã, o presidente da ABINFER, Christian Dihlmann, dividiu com os presentes um pouco do cenário atual da ferramentaria brasileira, além de expor também quais os pontos mais desafiadores na implantação da ferramentaria moderna. Abordando os processos avançados e as tecnologias disponíveis, Dihlmann respondeu ao vivo questões do público e discutiu o caminho da indústria em direção à competitividade global.

O processo de digitalização na indústria continuou em pauta na sequência, com uma palestra exclusiva de Marco Tanaka (Prodwin Tecnologias). Ao longo da apresentação, o especialista listou algumas das principais características da indústria 4.0 e de que forma essas tecnologias podem ser aos poucos aplicadas na indústria do plástico. Trazendo conceitos completos, o palestrante também interagiu diretamente no chat com o público.

Digital twins, produtividade e manufatura aditiva

As vantagens da adoção de digital twins na indústria, com o intuito de otimizar a produção e reduzir desperdícios, foram abordadas na terceira apresentação do dia. Conduzida por Júlia Bertazzi e João Vitor Stedile (VDI-Brasil), a palestra trouxe exemplos práticos de como o uso de digital twins impacta a produtividade, além de discutir os desafios dessa aplicação e como superá-los.

Na sequência, o professor e especialista em indústria 4.0, Mauro Andreassa, trouxe para o evento uma discussão que impacta diretamente no futuro do setor. Com um comparativo direto entre Injeção Plástica e Manufatura Aditiva, Andreassa abordou como as novas tecnologias e o desenvolvimento de materiais, apontando como a injeção e a impressão 3D se relacionam. Discutindo as novas dinâmicas de mercado e as possibilidades que esses novos players representam, o professor também tirou dúvidas ao vivo no chat da transmissão.

Competitividade 4.0 e networking

Para encerrar o segundo dia de evento, o professor Ari Nelson Rodrigues Costa (Instituto Mauá de Tecnologia) moderou um painel sobre a competitividade da indústria de transformação do plástico no contexto 4.0, recebendo Marcelo F. Pinto (PPI-Multitask) e Claudio Henrique Goldbach (ABII). Ao longo da discussão, os especialistas comentaram as tendências de curto e longo prazo para o setor, abordando também as possibilidades e primeiros passos para a adoção da indústria 4.0, principalmente para indústrias de pequeno porte. Os convidados também interagiram ao vivo com o público, tirando dúvidas e trocando opiniões sobre o tema.

Todas as palestras e conversas transmitidas durante o evento ficarão disponíveis para os inscritos na plataforma, dentro da área “TV Plástico Brasil”. Faça seu cadastro gratuito nesse link e acompanhe os próximos dias de Plástico Brasil Xperience!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar