Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Recrutamento e seleção para a indústria do plástico

Dicas para melhorar o recrutamento e seleção na indústria do plástico

Saiba como aprimorar o processo de recrutamento e seleção na indústria do plástico e, com isso, reduzir custos e melhorar a produtividade do negócio.

O recrutamento e seleção na indústria do plástico não é uma tarefa fácil. Afinal, envolve uma série de questões complexas, que vão desde encontrar pessoas com capacidade técnica até engajá-las e mantê-las na empresa.

Ao mesmo tempo, aprimorar o processo de contratação é essencial para a empresa. "A tarefa de contratar profissionais competentes e adequados é um dos maiores desafios para líderes de quaisquer empresas. Ao falhar nesta tarefa, há um imenso risco para todas as partes. Para o candidato, significa uma potencial frustração em termos de expectativas e a real capacidade dele realizar algo. Para a empresa, um erro de alocação de tempo e de recursos", explica Bill Moraes, vice-presidente da FranklinCovey no Brasil.

Como fazer, então, para aumentar as taxas de sucesso no recrutamento e seleção na indústria do plástico? Confira algumas dicas a seguir!

Como fazer o recrutamento e seleção na indústria do plástico

Contratar uma pessoa adequada para a vaga vai muito além de estabelecer uma conexão no momento da entrevista ou receber uma indicação. É preciso considerar a formação técnica e a experiência na área, mas também entender se os valores do candidato vão de encontro aos da empresa.

"Nós desenvolvemos líderes e ajudamos organizações a criarem culturas vencedoras há 30 anos. Nesta experiência, os principais atributos a serem buscados se dividem em quatro pontos: quem é a pessoa, englobando aspectos de caráter - integridade e intenção ; como ela pensa, envolvendo os modelos mentais e crenças-chave; o que ela faz, envolvendo habilidades e capacidades cruciais; por último, resultados, passados, no presente e possíveis resultados futuros", explica Moraes.

Pense que são os atributos mais pessoais que irão determinar se a pessoa vai ou não se adaptar à empresa. Afinal, de nada adianta contratar um candidato com excelentes competências técnicas se ele não "abraçar" o propósito do negócio e se habituar à cultura da empresa.

Além deste ponto, é importante considerar outros fatores, como:

1. Entenda o que a vaga demanda

Pode parecer óbvio, mas muitas empresas começam o processo de recrutamento e seleção na indústria do plástico sem saber ao certo o que buscam. E, quando não há foco, dificilmente vocês conseguirão encontrar o candidato ideal.

Saiba qual a necessidade da empresa para, depois, elaborar a vaga. Aqui, detalhes importantes como funções da pessoa, horário de trabalho, experiência e perfil comportamental precisam ser levantados.

Com isso, você já abre a vaga com mais detalhes do que procuram e, inclusive, economiza recursos e tempo no momento de realizar as entrevistas.

2. Faça uma pré-seleção e estude os candidatos

Uma vez que a vaga for divulgada, é importante que os currículos recebidos sejam analisados com cautela. Esse é um filtro importante para que você só chame para a entrevista os candidatos que realmente se enquadram no perfil desejado. Assim, você evita frustrações por parte da empresa e do candidato.

Outro ponto importante é que o recrutador também deve se preparar para a entrevista. Analise o currículo do candidato antes de ele chegar para que você não perca tempo fazendo perguntas que já estavam respondidas.

Assim, você consegue otimizar a procura e aumenta consideravelmente as chances de selecionar a pessoa mais adequada para a posição.

3. Pesquise, monte um banco de dados e peça referências

Por fim, vale dizer que o recrutamento e seleção na indústria do plástico também pode ser realizado de maneira ativa. É possível usar recursos como sites de empregos e o LinkedIn para prospectar candidatos no mercado.

Outro ponto importante é manter um banco de dados com os currículos sempre atualizado. Afinal, não é só porque um candidato não deu certo para uma vaga que isso quer dizer que ele precisa ser desconsiderado. Muitas vezes, ele pode ser chamado para outra oportunidade que tenha mais a ver com o seu perfil.

Ainda, vale a pena pedir referências de antigos contratantes para evitar erros de análise do currículo e ter uma segurança maior no momento da decisão.

"O processo de seleção de talentos não é uma ciência exata. Ao envolver várias etapas e perspectivas diferentes de avaliação, é possível aumentar o índice de acerto neste processo. Um exemplo está em fazer com que vários líderes entrevistem um potencial talento, aliado com avaliações dos quatro pontos que mencionei na pergunta anterior - quem é a pessoa, como ela pensa, o que ela faz em termos de talentos e habilidades, quais resultados ela alcançou e poderá alcançar", recomenda Moraes.

Quer dar outro passo importante para profissionalizar a gestão da indústria? Então, veja como planejar a sucessão familiar para que a transição seja positiva para o negócio neste material.

Fonte

 
Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar