Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

3 coisas que você precisa ter antes de investir em tecnologia

tecnologia na indústria do plástico.png
Na hora de investir em tecnologia para a indústria do plástico, é importante avaliar o controle de dados, os custos gerais e seu conhecimento sobre o assunto.

Você conhece quais as melhores opções quando o assunto é tecnologia para a indústria do plástico? Tem os dados da sua produção na palma da mão? E os custos gerais? Antes de investir em tecnologia, é preciso se preparar para ser uma indústria 4.0. 

Todos sabem que o investimento em soluções tecnológicas traz diversos benefícios. Os donos de pequenas fábricas podem ter um alto ganho de produtividade e reduzir os custos de manutenção das máquinas. Mas antes é preciso ter algumas questões bem sedimentadas.

Confira 3 coisas que você precisa ter antes de investir em tecnologia para a indústria do plástico.

#1 - Ter um controle de dados da produção

Os investimentos em inovação podem aumentar a produtividade, reduzir os custos de conservação e diminuir o consumo energético. Mas tudo isso dependerá do conhecimento que você tem sobre como é sua produção. Afinal, qual o parâmetro para atestar que determinada produção é eficiente? O gestor deve ter dados e índices que o possibilite otimizar a indústria.

Quantas peças as máquinas produzem? Quanto tempo ela leva para completar o ciclo produtivo? O que isso representa no mês? O bordão “os dados são o novo petróleo” tem uma razão de ser, que é municiar o empresário com informações para uma tomada de decisões assertiva. E quando falamos em indústria do plástico, os dados da produção têm papel determinante.

Não à toa, muitas indústrias investem em análise de dados, sistema de business intelligence e gestão da informação. É a forma como os executivos têm uma visão mais abrangente do negócio. A partir do momento em que você controla os dados da produção, é possível melhorar todo o processo produtivo com o uso de tecnologia.

#2 - Conhecer os custos gerais da sua indústria

Além de ter conhecimento dos processos da sua indústria, é preciso conhecer as necessidades e as possibilidades antes de investir em tecnologia para a indústria do plástico. 

O setor financeiro e de contabilidade assumem um importante papel neste momento. Afinal, são as áreas capazes de apontar a estrutura de custos da indústria. Despesas fixas e variáveis, custos com material, valor de produção por peça, custos com energia são determinantes para analisar o que a tecnologia pode assumir. Além disso, determinam também qual o orçamento disponível para o investimento nas soluções.

Dependendo do caso, uma consultoria em TI especializada em indústria pode ser interessante para avaliar as possibilidades. Mas a partir do momento em que você entende onde estão os custos, pode enxergar com clareza como a tecnologia pode beneficiar seu negócio.

Aliás, o investimento em tecnologia para a indústria do plástico deve trazer lucratividade. Seja para melhorar o controle de qualidade e minimizar as falhas ou para fazer um controle de estoque melhor, ela deve trazer ganhos.

O famoso retorno sobre o investimento (ROI) é o principal fator no momento da tomada de decisão sobre investir em uma nova tecnologia, não se esqueça disso. E ele pode assumir diferentes formas, pois depende das prioridades da indústria. O impacto na receita, a eficiência dos processos, a redução do tempo de tarefas manuais, a satisfação dos funcionários, tudo isso pode ser considerado. 

#3 - Atualizar seus conhecimentos

Por fim, antes de investir em tecnologia para a indústria do plástico, você deve atualizar os seus conhecimentos sobre o tema. A desinformação é um dos fatores que impedem o Brasil de ter empresas modernas, rentáveis e competitivas. 

Em outras palavras, muitos gestores não conhecem possibilidades que vão além dos famosos softwares de gestão para a indústria. Outros são resistentes à tecnologia, pois a vêem como desnecessária ou supervalorizada. 

Tudo isso é consequência da falta de conhecimento ou da desatualização sobre as possibilidades. E existem inúmeras opções tecnológicas que abrangem desde o chão de fábrica até o pós-vendas.

Outra questão que o dono da pequena indústria deve se atentar é a integração. A partir do momento em que se conhece as possibilidade de integração entre as soluções de tecnologia, a gestão vai para outro nível. Lembra que falamos dos dados? A integração é uma grande aliada da análise de dados e pode otimizar a tomada de decisões.

Na hora de investir em tecnologia para a indústria do plástico, é importante avaliar o controle de dados, os custos gerais e seu conhecimento sobre o assunto. Afinal, investir em tecnologia só por ser tecnologia não traz resultado. É preciso conhecer as necessidades e as possibilidades para que ela, de fato, resolva os problemas do gestor.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar