Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Embalagens plásticas vs. materiais alternativos: comparando os impactos ambientais

substitutos para embalagens plásticas
A substituição das embalagens plásticas por materiais alternativos pode trazer diferentes impactos ambientais, considerando o processo produtivo e de descarte.

Baixo consumo de energia e redução nas emissões de gases são comumente reconhecidos como benefícios dos plásticos. Mas uma nova pesquisa expande ainda mais o entendimento da indústria sobre como os plásticos desempenham um papel importante em outros fatores ambientais críticos, como consumo de água, resíduos sólidos, acidificação, eutrofização e destruição da camada de ozônio.  

O estudo, “Impactos do ciclo de vida de embalagens plásticas em comparação com substitutos nos Estados Unidos e no Canadá: análise teórica de substituição” (Life Cycle Impacts of Plastic Packaging Compared to Substitutes In the United States and Canada: Theoretical Substitution Analysis), concluiu que substituir o plástico por materiais alternativos nas embalagens pode, na verdade, aumentar os impactos ambientais negativos em diversas áreas-chave.

Gasto de energia

Usando plásticos em aplicações para embalagens requer menos energia do que materiais substitutos, tanto considerando fontes renováveis quanto não-renováveis. Isso representa combustível suficiente para 18 mil veículos.

Resíduos sólidos

O ciclo de vida de embalagens plásticas, incluindo o descarte pós-consumo, resulta em menos resíduos sólidos do que substitutos possíveis para o material. A diferença na geração de resíduos significa aproximadamente o peso de 290 mil Jumbo Jets em lixo gerado.

Consumo de água

A produção de embalagens plásticas consome significantemente menos água do que as alternativas, incluindo o fluxo de resíduos. Isso economiza água suficiente para preencher 461 mil piscinas olímpicas.

Emissões de GEE

A produção e o uso de embalagens plásticas não emitem tantos gases GEE (Gases de Efeito Estufa) quanto outros materiais. É uma redução equivalente a retirar de circulação 8,5 mil veículos queimando combustível.

Acidificação

As emissões de substâncias acidificantes contribuem para a formação e depósito de chuvas ácidas que afetam diretamente o solo e a água, o que pode causar sérios danos para fauna e flora, incluindo a acidificação dos oceanos, que pode danificar recifes de corais. O uso de plástico previne a potencial acidificação tanto quanto 292 mil vagões de carvão.

uso do plástico pode gerar benefícios

A natureza única dos plásticos, com sua leveza, durabilidade, flexibilidade e propriedades de amortecimento e vedação, permitem que esse material sirva às necessidades humanas mais efetivamente, ao mesmo tempo em que ajuda a reduzir uma variedade de impactos ambientais.

Apesar desses benefícios, o setor como um todo reconhece que os resíduos plásticos erroneamente descartados no meio ambiente são inaceitáveis. As associações estão trabalhando para construir uma economia cada vez mais circular, usando os recursos plásticos de forma mais eficiente, recolhendo e ressignificando os usos e pós-usos das embalagens, avançando nas áreas de reciclagem e recuperação, desenvolvendo também um novo e transformador modelo de negócio.

Sobre o estudo

O estudo teórico utilizou a metodologia de avaliação dos ciclos de vida para analisar os impactos ambientais das embalagens plásticas produzidas e vendidas nos Estados Unidos e Canadá, relacionando-os às embalagens alternativas. Leia o estudo completo (em inglês).


*Conteúdo original de Allyson Wilson para o site Plastic Packaging Facts. Traduzido e adaptado pela equipe Mundo do Plástico.

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar