Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sitemap


Articles from 2019 In February


Limpeza do plástico para reciclagem: como escolher a melhor máquina?

reciclagem-plastico-maquina

São muitos os processos para que a higiene do plástico possa ser feita de modo a cumprir o seu objetivo: tirar os contaminantes dos materiais para que eles possam ter outra finalidade de forma segura. Mas para obter êxito nessa empreitada, no entanto, alguns cuidados são imprescindíveis.

“O tamanho da produção vai definir as máquinas necessárias. De acordo com a destinação do plástico, o processo será mais, ou menos, sofisticado, e o investimento também terá a mesma proporção”, destaca Marcelo de Carvalho Reis, professor do curso técnico de plásticos da Unicamp.

O plástico para uso industrial requer uma limpeza com um maquinário mais simples e com menor custo, uma vez que a contaminação, no caso da construção civil, mecânica, entre outros nichos, não é expressiva. Por isso, uma linha de tanques, centrífugas e moinhos já é suficiente para o desenvolvimento do trabalho.

No entanto, em um processo no qual o material reciclado entrará em contato com pessoas, ou será reutilizado para fins alimentícios, o nível de cuidado tem de ser mais sofisticado – tanto em relação ao equipamento quanto à linha de reciclagem em si. Esse perfil exige mais etapas para garantir a eliminação total das substâncias químicas.

Quem quer entrar nessa área tem de ter uma visão clara de onde está se inserindo. Precisa se perguntar, por exemplo, qual é o público-alvo, as demandas técnicas e a escala de produção. Hoje um dos maiores problemas enfrentados pela indústria do plástico é encontrar uma fonte de material para reciclar, porque há um descarte inadequado na grande maioria das vezes”, salienta Reis.

Paolo de Fillippis, diretor da Wortex Máquinas, complementa citando os requisitos que acredita serem fundamentais nesse sentido. “Cada um desenvolve a sua linha de lavagem. O que norteia o nosso equipamento, por exemplo, é a preocupação com as normas de segurança e a fabricação de tudo em aço inoxidável, pois o ferro não dura seis meses”, enfatiza.

Além do maquinário adequado, conforme vimos, o ambiente também precisa ser favorável para a correta higienização do plástico e do próprio maquinário utilizado. Isso porque se ele tiver 30% de sujeira, pode levar à produção de pó e à consequente perda de material.

Tendências: o que há de mais novo no mercado de aditivos?

aditivo-plastico

A demanda para o plástico está crescendo gradativamente, o que faz com que a indústria busque alternativas tecnológicas para melhorar processos e criar aditivos que acompanhem a necessidade e as atualizações do mercado.

Um exemplo desse crescimento e da necessidade de novos processos é que peças metálicas são, com frequência, substituídas por peças de plástico na indústria automotiva, na construção civil e na agricultura, o que, além de tudo, traz benefícios e promove a sustentabilidade.

Aumento das capacidades do plástico com uso de aditivos modernos

Em especial para a construção civil, o diretor comercial da Realmaster, Rodrigo Alessandro Rodrigues, afirma que há novas soluções que “aumentam a resistência mecânica e com estabilizantes dimensionais para aguentar pesos e impacto. Há aditivos ultravioletas e absorvedores ultravioletas para produtos que ficam muito tempo expostos ao sol. Eles têm o objetivo de manter a propriedade do polímero e não alterar a cor visualmente”.

Em relação a novidades no que diz respeito às embalagens, estão sendo criados aditivos para a indústria do plástico que oferecem proteção contra exposição prolongada à luz UV e variação de temperatura, entre outros fatores de desgaste, oferecendo resistência ao envelhecimento, durabilidade ao material e proteção ao conteúdo da embalagem.

“Há no mercado soluções em aditivação que podem proteger o filme do amarelamento e do pinking, que é a coloração rosa que pode ocorrer quando as bobinas estão armazenadas no estoque”, pontua o gerente de negócios de aditivos para plástico da BASF, José Capozzi.

Além disso, cada vez mais as pessoas querem saber sobre as propriedades do material que estão comprando, por isso, é importante o fornecimento de informações obrigatórias regulatórias por meio da ficha de dados de segurança e do rótulo do produto, bem como as informações de segurança de produtos e certificado de aprovação de uso em contato com alimentos.

Já nas fibras, fitas, geotêxteis, além de requisitos obrigatórios de estabilidade térmica e de luz, os conversores geralmente enfrentam desafios de fabricação industrial. A produção de fibras e fitas com problemas de processamento e paradas de produção pode levar à redução de capacidade ou inconsistência de qualidade.

Além do que foi citado, pode-se alcançar excelente desempenho de custo ajustando a dosagem e outros componentes da formulação. Outras aplicações podem ser consideradas, em particular, monofilamentos, de poliolefinas e fitas para telas e sombreamento, andaimes, geotêxteis e big bags.

Aditivos para plásticos utilizados na agricultura

Os filmes agrícolas também possuem novidades no que diz respeito a aditivos para a indústria do plástico.Muitas soluções de aditivos estabilizantes para coberturas de estufas durante toda a vida útil podem oferecer filmes com resistência moderada a pesticidas e contaminantes.Além disso, a produção de plástico para o agronegócio já consegue atender a uma variedade de parâmetros, tais como região da produção, estrutura do filme, culturas e tratamentos associados, duração do filme exigido, entre outros.

Cabe ressaltar sobre esse tipo de produtos que a presença de enxofre e halogênio interferem na eficiência da maior parte dos estabilizantes à luz convencional, por isso, os aditivos para a indústria do plástico possuem uma tecnologia exclusiva de estabilizante à luz, que apresenta alta performance na presença de defensivos químicos, prolongando a durabilidade dos filmes agrícolas nos mais diversos cultivos.

Os retardantes de chamas são aditivos que trazem soluções isentas de halogenado e metais pesados por uma questão toxicológica e ambiental. É preciso estar atento, pois existe uma forte tendência para os próximos anos de soluções que atendam a regulamentações, principalmente, em se tratando do mercado de exportações, visto que já é uma realidade a proibição de utilização de retardantes à chama halogenados.

Embalagens plásticas e as oportunidades de design

design-embalagens-plastico

Trabalhar em um diferencial aliando embalagens plásticas e design pode impactar positivamente o produto de diversas formas - desde seu intuito básico de chamar atenção na prateleira e demais pontos de venda até aumentar o ciclo de vida desse produto.

Também há, naturalmente, o aspecto funcional. Armazenar, transportar e manter a integridade do produto é extremamente importante.

As possibilidades de aplicabilidade da união entre embalagens plásticas e designs percorrem diferentes aspectos, como veremos a seguir.

Embalagens plásticas e design: os pilares dessa junção

"Os estudos e as análises feitos para que se chegue a um veredito sobre o design de embalagens plásticas são complexos. Afinal, estamos falando de um produto que deve se atentar para valores como funcionalidade, sofisticação, praticidade, relevância, sustentabilidade e identificação com o consumidor", ressalta a designer Roberta Fraga.

Fazer com que o fabricante, a indústria, os designers e as agências de comunicação cheguem a uma solução é um desafio. No setor de embalagens plásticas, comumente, a matéria-prima corresponde a 40% da verba do setor. Portanto, há um grande impacto nas decisões que a indústria toma em todo esse processo envolvendo embalagens plásticas e design.

Para que isso possa tornar as oportunidades claras, é preciso um planejamento inicial, como a definição do público-alvo do produto, seus canais de distribuição no varejo e, por fim, seu valor para comercialização.

Além disso, claro, existem questões técnicas e pontuais que devem ser discutidas. Forma de exibição no ponto de venda, proteções, equipamentos e quantidade de matéria-prima utilizada etc. - é preciso que haja uma abrangência para que o design possa ser coeso e atinja os objetivos propostos.

Facilidades e desafios envolvendo embalagens plásticas e design

O plástico vem atuando de forma cada vez mais versátil na fabricação de embalagens plásticas. Seu material permite flexibilidade ou rigidez, resistência à luz, a gases e até mesmo tratamento adequado no descarte.

Muito se fala na mídia sobre o impacto negativo do plástico no meio ambiente. Apesar disso, pouco é falado sobre as vantagens que esse material pode oferecer para a sustentabilidade da indústria. Além da resina ser reciclável, embalagens plásticas são leves e diminuem o desperdício.

"Com novidades surgindo a todo o momento, é importante estar atento a vantagens que embalagens plásticas podem ter em relação ao seu design. Acabamentos foscos, colorização e a possibilidade de injeção plástica em elementos dobráveis são alguns dos exemplos", destaca a designer.

Avanços que geram benefícios para embalagens plásticas e design

Em um projeto premiado pela Associação Brasileira de Embalagens, 250 potes de vidro de papinha da marca Nestlé foram substituídos por embalagens plásticas. A empresa responsável, a Plásticos Regina, a partir de equipamentos de alta precisão e novas tecnologias, conseguiu fazer com que todo um segmento de produtos economizasse e modernizasse seu design.

Além do potinho, a substituição da tampa metálica também foi um desenvolvimento importante desse projeto. Múltiplos testes e propostas de design foram necessários para que se chegasse na embalagem plástica final. Esse é um bom exemplo de oportunidade de design que aumenta a vida útil do produto, melhora processos e facilita o dia a dia do público consumidor.

Em outro case, o design de embalagens plásticas também aponta oportunidades de práticas sustentáveis. A empresa Natura, já com propostas de mercado voltadas para o consumo ético e sustentável, fez o frasco de sua linha Ekos de PET. Com isso, tem-se um refil 100% sustentável do frasco.

Quais outros benefícios o design gera na relação entre a fabricação de embalagens plásticas e seu produto? Que casos você já presenciou em que um projeto de design pode tornar processos de fabricação mais eficientes e impactar na vida útil do produto final?  Deixe sua mensagem nos comentários.