Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Motivos para investir em reciclagem

Por que você deve investir em reciclagem?

Investir em reciclagem pode abrir oportunidades para a indústria do plástico, afinal, este é um setor extremamente rentável e com demanda cada vez maior. Saiba mais!

Investir em reciclagem pode contribuir para tornar o negócio mais rentável para indústrias e empresas. Afinal, este é um tema que está gerando cada vez mais visibilidade e que tem o poder de transformar a empresa, tanto do ponto de vista financeiro, quanto do social e ambiental.

É importante dizer que investir em reciclagem não precisa ser sinônimo de transformar a indústria em uma recicladora. Existem diversos caminhos que podem ser adotados, desde o investimento no desenvolvimento de produtos de reciclagem até a parceria com recicladores por meio da venda ou disponibilização de resíduos plásticos.

Além disso, diversas leis incentivam as empresas a usarem materiais reciclados em seus produtos, enquanto outras determinam a responsabilidade para a reciclagem de resíduos. Portanto, a legislação também favorece quem deseja investir em reciclagem e transformar a atividade em mais um braço para o negócio.

Quer entender melhor sobre os benefícios de investir em reciclagem? Então, siga com a leitura deste artigo!

1. A reciclagem é um importante setor da economia

Embora o Brasil ainda precise caminhar muito em relação à reciclagem, este já é um importante setor da economia nacional, uma vez que traz impactos positivos na sustentabilidade ambiental e social. Para você ter uma ideia, as embalagens PET já estão no segundo lugar do ranking de materiais reciclados, perdendo apenas para as latas de alumínio.

Um ponto importante que tem impulsionado o setor é o aumento da demanda por materiais ecologicamente corretos. Afinal, já é grande o número de consumidores e de empresas que buscam por produtos reciclados com o intuito de ganhar maior diferenciação no mercado e reforçar sua contribuição para a sustentabilidade.

2. Redução de custos

"Ao reciclar o resíduo industrial, a empresa estará substituindo parte da matéria-prima virgem pela matéria-prima reciclada, aumentando sua produção e diminuindo seus custos", destaca Daniela Silvestrini, responsável pelo departamento de Marketing e Vendas da Alassia Ambiental Ltda Me.

A diminuição de despesas é um grande benefício, tanto para a indústria do plástico que realiza a reciclagem, quanto para as empresas que compram os produtos. Dessa forma, é possível transformar o investimento em reciclagem em um benefício duplo para a indústria, reduzindo os custos com matérias-primas e criando novos produtos sustentáveis e com grande valor agregado.

3. Criação de novas frentes de negócio

Falando na criação de novos produtos sustentáveis, investir em reciclagem também é um excelente caminho para iniciar novas frentes de negócio. E, com isso, potencializar a lucratividade e a competitividade da indústria.

"Com a matéria-prima reciclada, é possível lançar no mercado novos produtos com conceitos ecológicos e mais baratos, criando um diferencial para a empresa", comenta Daniela.

4. Ganho de competitividade ao investir em reciclagem

Daniela também destaca o fato de que empresas engajadas em reciclagem, recuperação ou reuso de resíduos tem um posicionamento diferenciado no mercado. Afinal, estamos falando de uma atitude sustentável e que beneficia toda a sociedade.

Para você ter uma ideia, os impactos da reciclagem vão muito além do meio ambiente. As legislações e iniciativas das empresas têm favorecido o desenvolvimento de cooperativas e associações de catadores. E isso promove a geração de mais emprego e condições de trabalho melhor para essas pessoas.

Em outras palavras, investir em reciclagem contribui também para um impacto social positivo no país.

5. Impulsionamento do setor pela legislação

Por fim, vale reforçar o fato de que o país também está impulsionando o desenvolvimento do setor por meio das leis, especialmente devido à Política Nacional de Resíduos Sólidos.

"Lei que prevê a elaboração de planos de gerenciamento dos resíduos gerados pelas industrias. Atualmente só conseguem renovação junto a CETESB, aquelas industrias/empresas que comprovarem seus respectivos planos de logística reversa", explica Daniela.

Dessa forma, a demanda por empresas que contribuam com o processo tenderá a ser cada vez maior. Sendo assim, investir em reciclagem abre uma gama variada de opções para a indústria do plástico, que pode desde fornecer matéria-prima reutilizada para essas empresas até, de fato, reciclar resíduos das grandes indústrias.

Conheça mais importantes tendências em embalagens plásticas em nosso material sobre o tema.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar