Por que implantar gestão de dados inteligente na sua indústria?

gestão de dados inteligente na indústria.png
A gestão de dados inteligente é uma grande aliada da indústria, pois traz maior integração, produtividade e lucratividade.

Estamos em uma era que valoriza o uso estratégico de dados para a tomada de decisões. Isso significa que não basta coletar um grande volume de informação, sendo necessário organizá-la e interpretá-la em prol do negócio. Dentro desse contexto, implantar a gestão de dados inteligente na sua indústria traz muitos benefícios.

Esses sistemas podem ajudar no controle de processos, integrar atividades, tornar a gestão de riscos mais eficiente, contribuir para a economia de gastos da empresa, aumentar a produtividade e otimizar os resultados do negócio. Confira!

Melhor controle dos processos internos

Sistemas inteligentes, como ERP, CRM e softwares específicos para o ambiente industrial são tecnologias fundamentais para fazer uma gestão de dados inteligente. Por meio dessas ferramentas, é possível automatizar tarefas repetitivas e manuais, as organizando de forma que o gestor industrial consiga melhorar todos os processos internos da empresa.

Isso envolve desde a administração financeira, com controle automático de entrada e saída de mercadorias e gestão de fluxo de caixa, até os processos no chão de fábrica. Com as ações automatizadas, o gestor também experimentará um ganho de produtividade considerável, pois as atividades fluem de forma mais efetiva, e os profissionais se dedicam às tarefas mais estratégicas.

Integração de dados

Outro bom motivo para implantar a gestão de dados inteligente na sua indústria é melhorar a integração desses dados. Informações centralizadas em um único sistema permite que todos os setores da indústria estejam conectados entre si e trabalhem com a mesma informação.

Isso significa melhorar a comunicação entre as áreas e, consequentemente, otimizar e simplificar os fluxos de trabalho. Do mesmo modo, permite uma tomada de decisão mais assertiva, pois há maior visibilidade sobre os dados.

Gestão de riscos mais eficiente

Você sabia que boa parte das falhas em processos internos industriais se dá devido à ação humana? A partir dessa perspectiva, o gestor deve encontrar maneiras de reduzir os riscos, seja capacitando sua equipe, seja adotando a tecnologia para assumir funções mais simples.

A gestão de dados inteligente trabalha, também, no sentido de fazer uma melhor gestão de riscos na indústria. Com a integração e organização dos dados, ela ajuda a minimizar a incidência de erros e a ocorrência de dados incorretos. As duplicidades podem ser eliminadas, inclusive, de maneira automática.

Redução de custos com gestão de dados inteligente

A plataforma Neuron, do Grupo Luminae, é um excelente exemplo de como a gestão de dados inteligente pode diminuir os custos. No caso da Neuron, o foco é reduzir os gastos com energia nas instalações. 

Ela é desenvolvida com diversas tecnologias de bancos de dados, inteligência artificial e Internet das Coisas. A partir daí, automatiza as redes elétricas e entrega gráficos, relatórios e alarmes em tempo real, tudo acessível remotamente por meio de dispositivos conectados à internet, de computadores a smartphones. 

Quem explica o cenário dentro da indústria do plástico é Diego Cavalcante, Diretor de Gestão e Inteligência do Grupo Luminae Energia, referência em eficiência energética no país.

Ele aponta que a energia dentro de um ambiente industrial representa algo entre 8% e 20% do custo de transformação de produto. Na indústria do plástico, esse percentual é de 13 a 20% – um número bastante relevante.

Em sua visão, “contar com um sistema que faça o indicador de desempenho, ou ter uma análise de dados com base no seu consumo de energia para fazer uma peça, pode gerar uma composição de custo melhor dessa peça, e isso impacta toda a cadeia de produção. A partir daí, calcula-se melhor a margem de preço de produção dessa peça e consequentemente o de venda, impactando então o consumidor final”. 

Cavalcante ainda destaca que a análise de todos os processos (forma de ocorrência, energia e custo gastos) “pode trazer uma melhor gestão energética e, como resultado, melhores possibilidades de tomada de decisão, dado que o sistema de gestão consegue mensurar todas as etapas envolvidas”.

Otimização da produtividade e dos resultados do negócio

Diante de todos os outros motivos que citamos para ter uma gestão de dados inteligente, podemos concluir que, juntos, eles otimizam a produtividade e os resultados do negócio.

Dados gerenciados e aprimorados conferem maior eficiência organizacional, pois a informação pode ser acessada rapidamente, dando maior agilidade e dinamismo ao trabalho dos profissionais. 

Além da maior produtividade, a centralização dos dados permite uma tomada de decisão mais certeira, seja no planejamento ou na criação de metas. Com isso, os resultados do negócio são alavancados.

A gestão de dados inteligente é uma grande aliada da indústria, pois traz maior integração, produtividade e lucratividade. Por meio de softwares e ferramentas, o gestor consegue melhorar seus processos internos e seus resultados.

Veja como a Internet Industrial das Coisas pode transformar sua indústria!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar