Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O que a sua empresa pode ganhar com os robôs para injetoras?

A chegada dos robôs para injetoras.png
Saiba mais sobre o papel dos robôs para injetoras na indústria do plástico e seus benefícios para a produção

A inserção de tecnologia nas empresas é uma das maneiras de caminhar junto à inovação. Estamos na era da automação, que busca aumentar a eficácia e a produtividade das indústrias. Recentemente, uma novidade no mercado brasileiro contribuirá ainda mais para isso: os robôs para injetoras

A empresa SIMCO, fornecedora de equipamentos industriais, anunciou uma linha de robôs industriais que podem ser acoplados a máquinas injetoras. Eles podem ser utilizados em linhas de produção de diferentes portes. 

Confira a seguir um pouco mais sobre esses novos equipamentos!

O que são robôs para injetoras?

Robôs para injetoras são um tipo de robô industrial. Ele possui braço mecânico motorizado e programável, de forma a executar movimentos semelhantes ao movimento humano. A memória do computador é responsável pelo programa que detalha quais ações devem ser realizadas.

Em geral, robôs industriais substituem o trabalho humano principalmente em situações de trabalhos repetitivos, insalubres e perigosos. Até mesmo por isso, deve ser versátil, robusto, veloz e preciso. Deve, igualmente, ser fácil de usar, programar e manter. É comum que apresentem dispositivos de fácil preparação e sistemas de troca rápida de garras. 

Existem vários tipos de robôs industriais, mas quando falamos em robôs para injetoras, temos 4 principais famílias.

Tipos de robôs para injetoras

Os tipos de robôs para injetoras são 4 principais:

Robôs cartesianos: atendem às diversas necessidades de peças injetadas e geralmente trazem de fábrica rotinas utilizadas nas injetoras. É um dos robôs para injetoras muito comum na indústria de plástico, pois manipula peças nos moldes da injetora. Podem apresentar um ou dois eixos verticais (braço duplo), cujo objetivo é retirar peças e canais de injeção do molde ao mesmo tempo. Também podem retirar peças com ventosas e utilizar pinça para retirar o canal de injeção.

Robôs multieixos (braços mecânicos): robôs que se movem em 4 a 6 eixos e têm grande liberdade de movimentos. Sua programação é bem mais complexa, mas é também muito versátil e robusto. Por isso, é o modelo mais utilizado na indústria. Faz manipulação de componentes, pintura, solda e automação de linhas de fabricação. No entanto, não é o mais utilizado para a retirada de peças plásticas nos moldes de injeção.

Sprue pickers (ou manipuladores): robôs mais simples e de menor custo. Eles apresentam três eixos acionados por servomotores ou pneumaticamente. Seu objetivo principal é a extração do canal de injeção do molde, por meio de pinça (apresenta sensor para detecção de presença ou ausência do canal) ou ventosas de sucção. Fazem a retirada de peças simples ou o corte dos canais de injeção.

Robôs laterais: utilizados para produção de peças de ciclos rápidos e paredes finas. Também servem para tecnologia de in mould labelling. Podem ser extremamente rápidos e parametrizados dependendo da tecnologia empregada. Porém, é possível realizar pequenas alterações nos parâmetros previamente definidos.

Quais as vantagens para a indústria que adota robôs para injetoras?

Os robôs para injetoras são utilizados para automação do processo de moldagem por injeção. Eles manipulam peças de plástico na máquina injetora ou colocam as peças finalizadas em uma correia transportadora. 

Com isso, é possível notar uma série de vantagens da robótica de moldagem por injeção na indústria do plástico, tais como: 

  • Padronização maior das peças, o que reduz o desperdício e aumenta os rendimentos;
  • Custos reduzidos de mão de obra, moldagem e produto acabado;
  • Qualidade mais consistente das peças produzidas;
  • Maiores produtividade, eficiência e flexibilidade;
  • Tempos de ciclo mais curtos.

Maior produtividade

Vítor Ortega, desenvolvedor de negócios da SIMCO, empresa que atua no mercado de importação e revenda de máquinas operatrizes e injetoras termoplásticas, destaca o ganho de produtividade como grande vantagem do uso de robôs para injetoras.

Em sua visão, a empresa pode ganhar maior produtividade em escala, sem prescindir da força de trabalho humano. 

Ele explica que, com o uso dos robôs, “o planejamento de produção das empresas pode ser bem diferente! Elas podem contar com uma maior produtividade trabalhando em diferentes turnos. Os empresários que seguirem a direção dos robôs, ficam com suas empresas, além de mais produtivas, mais próximas da indústria 4.0”.

Ortega também pontua que “os robôs industriais se tornaram imprescindíveis para manter o ritmo e a qualidade de produção das empresas de transformação de plástico. A capacidade de executar ciclos repetitivos com precisão, rapidez, força e resistência, reduz perdas, aumenta a produtividade e assegura peças injetadas dentro dos parâmetros calculados, algo impossível de ser obtido com o trabalho manual”.

A utilização de robôs para injetoras nos processos industriais dá às empresas vantagem competitiva devido ao aumento de produtividade e de qualidade das peças produzidas. Com a automação, é possível garantir aos clientes finais a entrega de produtos de referência com um preço bem competitivo. Ou seja, pode melhorar suas vendas!

Veja outras formas de melhorar as vendas da sua indústria!

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar