Mundo do Plastico faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Soldagem plástica de peças complexas

Soldagem plástica: o que você precisa saber sobre isso

A soldagem plástica é um método de fabricação e recuperação utilizado na fundição de peças de plástico. É um processo que funciona com o aquecimento de determinadas partes ou pontos das peças. Assim, o plástico amolece e começa a liquefazer, possibilitando a junção e solidificando-se novamente após o esfriamento. Ou seja, quando o plástico esfria, ocorre uma ligação química entre as duas partes, ocorrendo assim a fundição dessas peças. Normalmente, usa-se a vara de solda termoplástica para agir como um elemento de liga entre as partes.

No entanto, quando é preciso fazer a união de peças termoplásticas existem algumas metodologias para que isso ocorra. Devido à complexidade da geometria interna, não é possível fazer uma única peça de uma só vez. Dessa forma, a peça é moldada em duas fases, com dois moldes, para depois fazer a soldagem.

Colagem x soldagem plástica

O processo de soldagem é bem diferente da simples colagem com algum tipo de adesivo. “Na colagem, teríamos um adesivo que teoricamente une os elementos, no caso, as duas peças. Só que a gente tem um problema muito grande quando falamos em plásticos. Muitas vezes, eu quero unir um termoplástico A com um termoplástico B, mas eles não têm compatibilidade entre si”, alerta Eduardo Garcia Vargas, instrutor de formação profissional e consultor nas áreas de transformação de termoplásticos do Senai São Paulo.

De acordo com o especialista, "a solda surgiu a partir do momento que se fez necessário a união de materiais plásticos quando não existia uma cola ou um adesivo à temperatura ambiente". Além disso, o adesivo apresenta limitações, podendo sofrer hidrólise ou mesmo soltar, se ele for muito rígido, durante uma torção.

Com a solda, é possível aquecer o polímero ao ponto de fusão no qual será possível unir uma superfície a outra. Por isso, as técnicas possíveis são diversas. Ou seja: cada uma tem sua aplicação, particularidade e limitação. “No entanto, no Brasil, não encontramos nem curso nem equipamentos de primeira linha para esse tipo de aplicação.Além disso, muitas técnicas ainda são pouco difundidas em nosso país e os equipamentos de ponta normalmente são importados”, lamenta Vargas.

Tipos de soldagem

Existem diversos métodos de soldagem plástica e eles são utilizados para diferentes fins. Dessa forma, varia-se o tipo de equipamento e de material de soldagem, até do tipo de termoplástico a ser utilizado. Confira os tipos mais comuns:

Soldagem por ultrassom - realizado utilizando a energia ultrassônica vibratória;

Soldagem por vibração - Utiliza vibração e movimentos mecânicos são longitudinais, com baixa frequência, com uma fricção linear ou orbital;

Soldagem híbrida - Consiste na combinação da solda por vibração e na solda por infravermelho;

Soldagem por rotação - Com o calor gerado pelo atrito de fricção das peças, ocorre a soldagem por rotação. Esse processo é utilizado nas peças cilíndricas;

Soldagem por termofusão ou placa quente - Duas resistências elétricas aquecem uma placa metálica. Com o calor, o material plástico amolece e pode ser fundido;

Soldagem dielétrica - A corrente elétrica causa a fricção a nível molecular (devido à vibração dos elétrons das moléculas), gerando calor e possibilitando a fundição na área de contato;

Soldagem por gás quente - A solda é realizada com a aplicação de um gás quente na superfície, com uma vareta de solda constituída do mesmo material a ser soldado (sendo consumida durante o processo);

Soldagem por infravermelho - Esse é um processo de solda sem contato mecânico, utilizando o calor radiante concentrado que vem de uma ferramenta de contorno que fica entre as partes que serão soldadas, possibilitando a união entre elas;

Soldagem "Hot Plate" - Esse tipo de soldagem utiliza uma placa aquecida que, ao entrar em contato direto com as partes, realiza a união entre elas;

Soldagem a laser - Essa técnica é ideal para altos volumes de produção, possibilitando a fabricação de peças com ótimos acabamentos, com poucas rebarbas e partículas geradas.

Soldagem plástica - Técnicas e aplicações

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar