Mundo do Plastico faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Aditivos de limpeza para extrusoras

Aditivos de limpeza para extrusoras: motivos para apostar nessa tecnologia

Entenda como os aditivos de limpeza para extrusoras podem colaborar para aumentar a produtividade na indústria termoplástica e reduzir custos.

Os aditivos de limpeza para extrusoras também são conhecidos como aditivos de purga. Este é um método usado para remover os resíduos de máquina extrusora, injetora ou sopradora. Normalmente, acontece quando há troca de cor ou matéria-prima ou partida de máquina. É parte da preparação para manutenções que precisem da unidade de injeção.

O agente de purga ou "paradeira" é usado para a limpeza de rosca e cilindros de máquinas de moldagem termoplástica. Ele pode ser moído mecanicamente e retornar em próximas limpezas de equipamento. No entanto, a quantidade de vezes em que ele retorna depende dos níveis de contaminação e degradação. No fim de sua vida útil ele se torna um resíduo industrial e, portando, precisa ser descartado apropriadamente.

Conheça melhor os aditivos de limpeza para extrusoras e os seus benefícios para a produção!

O que são aditivos de limpeza para extrusoras

"Os aditivos de limpeza têm como função primordial a economia de tempo e de material plástico durante uma troca de cor e troca de resina ou a eliminação de pontos pretos ocasionados por material carbonizado que está dentro do equipamento, alojado entre o canhão e o barril, que fica se desprendendo e manchando o material que está sendo produzido", explica Paulo Stefano Giammattei, diretor executivo de negócios da Freedom Soluções Plásticas.

O processo de aditivos de limpeza para extrusoras consiste na remoção do material velho ou contaminado do equipamento. Sendo que estes materiais podem ser pigmentos, contaminantes ou, até mesmo, óleos resultados da manutenção da máquina e do molde.

Em equipamentos de moldagem por injeção, o  processo de purga pode ser realizado com materiais virgens. Nestes casos, é preciso de muito material e tempo para que a transição seja realizada com eficácia.

Os aditivos de limpeza para extrusoras também podem ser adicionados ao próprio material que está sendo produtivos. Assim, é importante que haja uma programação no plano de operação durante a troca de resinas. Dessa forma, garante-se que a sequência mais produtiva será adotada.

Entenda as vantagens do processo

"A vantagem principal do uso dos aditivos de limpeza para extrusoras está em diminuir a sucata e tempo de inatividade dos equipamentos. Quando não se usa algum produto para setup de máquina, seja para troca de cor, troca de resina ou para eliminar pontos pretos, você perde muito tempo passando resina e consumindo energia elétrica. Além de geladeira para resfriar o molde nos casos de extrusoras de sopro, ociosidade do operador e desgaste da maquina. A resina ainda acaba sendo processada e virando material reciclado e isso tudo é traduzido em custo oculto, que pode ser eliminado com um bom aditivo de purga eficiente", explica Giammattei.

Dessa forma, os aditivos de limpeza para extrusoras reduzem o tempo de parada de máquina e da mão-de-obra para realizar a troca de cor ou de material. Além disso, o processo minimiza o refugo, o acúmulo de carbono e os defeitos da superfície. Ou seja, permite a produção perfeita de peças, independentemente do tipo de polímero ou de suas dimensões.

Aditivos de limpeza: para que servem?

As empresas que trabalham com maior variedade de cores e resinas encontram no agente de purga um grande aliado para melhorar a eficiência da produção. Isso porque, ao usar o processo de maneira frequente, os aditivos reduzem significativamente o refugo. Ou seja: há uma grande redução de custos.

Vale dizer que novos compostos de purga estão em constante desenvolvimento na indústria. A ideia é que eles possam eliminar uma série de problemas, como a limpeza de áreas com pequenas folgas ou resinas sensíveis à temperatura ou à espessura.

Ainda, processadores que usam compostos de purga relatam menos falhas de processo e de produção, além de mais tempo de atividade e redução de até 50% do tempo de máquina parada.

Você já trabalhou com aditivos de limpeza para extrusoras? Compartilhe com a gente como foi a experiência!

PROFISSIONALIZAR A GESTÃO
Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar