Gestão

Confira 6 passos para colocar a Manufatura Avançada em prática na indústria do plástico

Não é de hoje que falamos sobre a necessidade de os gestores da indústria do plástico começarem a se familiarizar com as tendências da Manufatura Avançada (Indústria 4.0) para poderem, então, tomar decisões estratégicas que estejam alinhadas a esta nova demanda de mercado.

“O foco não deve estar somente em quantificar o retorno esperado do investimento, que pode ser difícil no início, mas também em quantificar o custo de uma oportunidade perdida, dado que as tecnologias de automação industrial, controle de processos e de análise avançada de dados têm ampla adoção pelos competidores nacionais e estrangeiros” ,ressalta Carlos Renato Belo Azevedo, Doutor em Engenharia de Computação e pesquisador em Inteligência de Máquina.

E para que as empresas do setor tenham sucesso nessa empreitada, existem seis passos importantes que precisam ser considerados. Acompanhe a seguir:

1. Autoconhecimento

Uma ação importante é adquirir a competência necessária para avaliar as opções e realizar os investimentos corretos em medidas que trarão valor para o seu negócio, garantindo que elas estejam alinhadas com a estratégia global. Afinal, ao adotar novas tecnologias sem o devido o conhecimento, há o risco de se investir em inovações inadequadas e que não são as mais necessárias para o seu perfil produtivo.

Por isso, é imperativo que a alta gerência tenha os seus conhecimentos reciclados e conte com consultoria especializada para uma análise profunda da realidade de sua empresa e de seu mercado de atuação. Dessa forma, as decisões serão mais seguras e assertivas e as chances de sucesso aumentarão.

2. Treinamento

É preciso treinar continuamente os engenheiros e líderes técnicos e promover experimentações tecnológicas. Use projetos-piloto para estabelecer provas de conceito e demonstrar o valor da inovação para o seu negócio. Nem todo projeto terá êxito, mas a experiência prática é uma poderosa aliada para vencer barreiras de resistência à adoção de novos processos e tecnologias. Com os sucessos iniciais, você conquistará o apoio da organização e garantirá fundos para um lançamento de maior escala.

3. Cultura digital

Promova a cultura digital entre todos os seus colaboradores, incluindo a equipe de executivos e investidores, demonstrando liderança clara, compromisso e visão. Mesmo após implantar a Manufatura Avançada, é preciso que a sua organização esteja disposta a se reinventar continuamente para ficar sempre à frente da concorrência.

4. Definindo recursos

Faça um levantamento detalhado dos recursos necessários para atingir suas principais metas. Inclua facilitadores tecnológicos, como uma infraestrutura de TI ágil e funcional com interfaces bem concebidas, que podem impulsionar seus processos de negócios. Não se esqueça, também, do investimento no capital humano, recrutando e desenvolvendo seus colaboradores.

5. Big Data

Mais do que um conjunto de tecnologias, o Big Data denota uma mudança de atitude para extrair conhecimento dos processos internos e externos de uma empresa para o apoio à tomada de decisão. Desenvolva, portanto, modos de combinar dados de diferentes setores do seu negócio como, por exemplo, os de logística, qualidade e funções de engenharia. Extraia o valor desses dados e aplique em ações que irão diferenciar a sua empresa ou atrair novos clientes.

6. Faça parcerias

Compartilhar conhecimento pode ser difícil para as empresas, mas os maiores avanços de desempenho ocorrem quando você cria um ecossistema de parcerias com startups, universidades, fornecedores e clientes, promovendo um esforço coletivo para entender ativamente o comportamento do consumidor e criando soluções completas de novos produtos e serviços. Diferentemente de outras revoluções industriais que ocorreram de forma linear, a Manufatura Avançada tem evoluído de forma exponencial.

Dessa maneira, aquelas empresas que pretendem esperar o caminho se tornar menos nebuloso para começar a investir devem ficar para trás e com mais dificuldades para recuperar o atraso. Afinal, quanto mais cedo as empresas adotarem este conceito em suas linhas produtivas, maior será a possibilidade de observarem tempos operacionais mais curtos, melhor utilização de ativos e máxima qualidade dos produtos.

E você, já começou a fazer a implantação dos conceitos da Manufatura Avançada na sua indústria? Deixe o seu comentário e continue acompanhando o nosso canal de conteúdo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *