Reciclagem

Saiba como funcionam os 3 tipos de reciclagem de plástico

É nítida a atenção coletiva, hoje em dia, a respeito de processos de produção mais sustentáveis que ajudam a reduzir o impacto ao meio ambiente. E, indiscutivelmente, uma das soluções mais aplicadas e repercutidas é a reciclagem de resíduos. Quando falamos na indústria do plástico, inclusive, o tema se desmembra em diferentes processos que geram ainda mais alternativas.

Neste artigo, falaremos sobre a reciclagem de plástico, e como funcionam as suas etapas produtivas. Confira!

O ciclo de vida da reciclagem de plástico

Basicamente, esse ciclo produtivo tem início com o próprio consumidor – ou comerciante e indústria – que faz a sua parte na coleta seletiva de lixo. A partir daí, o material plástico coletado é levado aos centros de triagem, nos quais são realizados processos de separação. Em seguida, o produto é encaminhado às recicladoras.

Nessa etapa, entretanto, o processo de reciclagem de plástico passa por uma segmentação que pode variar.

“Existem 3 tipos de reciclagem de plástico: a energética, a química e a mecânica. A mecânica, sem dúvidas, é a mais popular e usada em grande escala”, aponta a assessora técnica da Plastivida, Silvia Rolim, que também destaca as vantagens da reciclagem mecânica por demandar menos custos, e, por isso, ser mais acessível.

Reciclagem de plástico química

Ela funciona por meio do processamento dos produtos plásticos selecionados, cujo objetivo é transformá-los, inicialmente, em substâncias químicas ou mesmo em suas matérias-primas.

Basicamente, a reciclagem química envolve o processo de despolimerização.

Recuperação energética e incineração

Trata-se da queima de resíduos utilizada para gerar calor, vapor ou energia, muito utilizada, ainda, em centros de reciclagem que não contam com uma coleta seletiva.

Entretanto, para a reciclagem de plástico, o processo não é tão recomendado, pois a incineração desses resíduos tende a garantir uma redução de até 90% do volume de todo o material.

Reciclagem mecânica

Por fim, este, que e o método mais popular na reciclagem de plástico.

“A reciclagem mecânica pode ser usada por pequenos e médios produtores porque o processo, em si, é mecânico. Economicamente, é um método muito mais acessível”, destaca Silvia Rolim, que também aponta as quatro etapas principais pelas quais o plástico passa durante a reciclagem mecânica:

  • Fragmentação: etapa em que o plástico é separado por tipo e, então, tem seu volume reduzido;
  • Lavagem e separação: processo no qual o plástico é lavado e separado por tipo, como pela diferença de densidade, por exemplo;
  • Secagem: o material é secado, ficando pronto para o processo de extrusão;
  • Extrusão: o material é fundido por um método de aquecimento e, em seguida, resfriado para ser cortado por uma glanuladora, posteriormente gerando os grânulos feitos de material plástico já reciclado.

Depois desses processos, as indústrias de transformação recebem o material que voltará ao mercado de consumo como um produto renovado.

Como vimos, a reciclagem de plástico é um processo que garante um ciclo produtivo mais sustentável e alinhado com as novas preocupações sociais. Se você quer ficar por dentro das principais tendências desse setor industrial, fica o convite: continue acompanhando nosso canal de conteúdo.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *