Gestão

Especialista diz que trabalho conjunto entre ferramentaria e área de desenvolvimento é a chave para um produto de alta qualidade

A elaboração de produto plástico que não leva em conta o papel da ferramentaria na criação do design da peça pode colocar em risco todo o projeto. Por isso, é de grande importância que a ferramentaria trabalhe em conjunto com a equipe de desenvolvimento para garantir a perfeita fabricação do peça, otimizando tempo e reduzindo até os custos para a indústria. Para os gestores das cercas de 11 mil empresas da indústria nacional de transformação de plástico, esse deve ser um ponto essencial no planejamento da produção.

“Hoje, no mercado vemos uma inversão deste papel, onde o pessoal de desenvolvimento de produto acaba propondo produtos que são praticamente impossíveis de serem moldados e a ferramentaria acaba se transformando em um desenvolvedor paralelo”, analisa André Alexandre Barrant, da Polimold. No entanto, segundo ele, essa prática nem sempre dá certo, pois um produto depois de aprovado no departamento de desenvolvimento dificilmente consegue ser modificado. “Essa alteração quando necessária pode ser tornar um martírio para ambas as partes”, afirma.

Pensar em todas as etapas do processo, analisando a melhor maneira de fabricá-los e reunir todas as equipes envolvidas são passos estratégicos para assegurar um produto de qualidade. “O papel da ferramentaria nessa relação deve ser totalmente ativo, pois também viabiliza a produção, além de garantir a precisão e a agilidade no processo”, finaliza o especialista.

infografico-construcao-civil-plastico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *