Oportunidades

5 dias de Plástico Brasil: sucesso de público e grandes negócios do começo ao fim

A Plástico Brasil cumpriu sua missão e garantiu a satisfação dos visitantes que passaram pelo pavilhão do São Paulo Expo ao longo da semana, assim como das 400 marcas expositoras, nacionais e internacionais, que aproveitaram a oportunidade para firmar parcerias e ampliar a percepção da marca no mercado.

Em cinco dias de lançamentos importantes, apresentações em eventos paralelos especiais, networking, além de rodadas de negócios, a feira superou as expectativas, passando a ser um dos mais importantes pontos de encontro dos setores do plástico e da borracha no País, logo em sua primeira edição. Aliás, o próximo encontro já está confirmado, será de 25 a 29 de março de 2019.

Indústria 4.0
Com programação de conteúdo de alta qualidade técnica, ministrado por especialistas brasileiros e estrangeiros, autoridades e empresários, a feira apresentou o Seminário Internacional Rumo à Indústria 4.0, realizado pela ABIMAQ –-Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos e VDMA – Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas. Na ocasião, os visitantes da Plástico Brasil, que atendem e atuam em diversos segmentos, puderam ter uma melhor compreensão sobre as novas aplicações e soluções práticas dentro do escopo da deste novo formato de indústria, além de saírem mais confiantes em relação às possibilidades que se abrem a partir da implementação de modelos de negócios baseados nos avanços tecnológicos da chamada 4ª revolução industrial.

Alta tecnologia
A presença de empresas-líderes de todos os setores do mercado na Plástico Brasil reforçou a certeza de retomada dos negócios em 2017. Dentre as centenas de novidades apresentadas, destaque especial para a Romi, que levou equipamentos responsáveis por proporcionar o aumento da eficiência e da produtividade na cadeia produtiva rumo à Manufatura Avançada. A empresa Engel também seguiu o mesmo caminho ao demonstrar a conectividade em tempo real das soluções instaladas em seu estande com o showroom da marca na Áustria.

Já a Piovan, lançou em primeira mão o “Easylink”, da nova linha de estações automáticas de acoplamento para sistemas de alimentação centralizada, apresentou a nova linha de dosadores gravimétricos de alta precisão “Quantum”, além do “Winfactory 4.0”, software destinado para “smart factory”.

60 horas de conteúdo
Com seminários e workshops de alta qualidade técnica, ministrado por especialistas brasileiros e estrangeiros e empresários, os eventos paralelos da Plástico Brasil foram uma atração à parte.

De segunda a quinta-feira, o público pôde conferir o panorama dos setores do plástico e da borracha, as perspectivas para o futuro, a necessidade de aplicação cada vez maior dos conceitos voltados à sustentabilidade e Manufatura Avançada, as possibilidades e os desafios da Indústria PET e muito mais.

SMED – Single Minute Exchange of Die – Troca Rápida de Moldes

Fiel à proposta de contribuir para a capacitação e o desenvolvimento tecnológico do setor, a Plástico Brasil apresentou diariamente ao público a troca de moldes de uma máquina injetora – um dos processos que mais demandam parada de máquina dos transformadores de plástico e borracha – em menos de 10 minutos. Inédito no segmento de feiras no País, o SMED foi realizado em parceria com o SENAI e as empresas expositoras Romi, Stäubli, Berg Steel, Piovan e Previsão.

Recicla Plástico Brasil

A reciclagem também foi abordada em todos os dias da feira por meio dessa ação, que tinha o objetivo de disseminar a educação ambiental em torno da reciclagem do plástico e a sua reutilização.

Arena Técnica

Espaço dedicado aos visitantes que desejavam conhecer de perto conceitos técnicos e práticos da indústria contou com uma programação especial durante quatro dias. Entre os palestrantes, destaque para a UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas), o Instituto Mauá de Tecnologia, UFSCAR (Universidade Federal de São Carlos), Instituto de Energia e Ambiente da USP (Universidade de São Paulo).

Ilha de Inovação em Materiais Plásticos

Formada pelas instituições UNICAMP, CCDM – UFSCar, FATEC Sorocaba, FATEC Zona Leste, FATEC Itaquera e Instituto Mauá de Tecnologia, a Ilha apresentou com exclusividade as novas tendências, tecnologias e inovações em resinas.

Cobertura

Do período de montagem dos estandes até o encerramento da Plástico Brasil, uma cobertura especial foi feita na página da feira, no Facebook para que interessados na cadeia do plástico e da borracha pudessem acompanhar em tempo real os eventos e as novidades dos expositores.

Quer conferir o que rolou nos 5 dias de Plástico Brasil? Acesse nossa fanpage: https://www.facebook.com/plasticobr/

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *